Bioplastia Genital

Uma das modificações mais visíveis observada pelas mulheres em sua genitália, especialmente quando entram na menopausa, é a perda da gordura dos grandes lábios. A vulva torna-se flácida e assume aspecto de “murcho”, pela diminuição de gordura subcutânea até então presente. Além disso, por haver a perda de gordura, ocorre uma maior projeção dos pequenos lábios, efeito semelhante ao que observamos quando alguém “emagrece” na face e parece que “o nariz ficou maior”.

Diversos substâncias preenchedoras são utilizadas com o objetivo de repor os volumes perdidos nos grandes lábios, devolvendo a aparência perdida e reduzindo a flacidez da pele, tornando-a mais sensual e com aparência mais jovem.

Vários produtos podem ser utilizados na vulva para preencher, como gordura autóloga (da própria paciente), ácido hialurônico ou, o mais utilizado, PMMA (Polimetacrilmetacrilato).

A utilização de PMMA é autorizado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), tem mais de 17 anos de uso em todo o mundo e apresenta baixíssimo índice de complicações (inferior à 1%). É um produto sintético, que não migra para outras regiões do corpo. O efeito do produto se revela após 40 dias, onde uma reação local tecidual do implante é observada: há a formação de tecido fibroso de consistência semelhante a gordura/músculo antes existente.

O preenchimento, portanto, visa o aumento de volume dos grandes lábios, aumentando sua área de contato/exposição, devolvendo o volume natural.

O procedimento é realizado no consultório, com anestesia local (gel anestésico). Leva em média 20min e a alta geralmente ocorre após o término do procedimento. Não há pontos, apenas curativo externo no local da punção.

A paciente deve repousar por 48h sem roupas apertadas e não manipular a genitália; uma vez que o produto é moldado pelo médico, leva este período (48-72h) para se firmar.

A recuperação total (incluindo retorno a atividade sexual) leva em média 7-10 dias.