Prótese Mamária

Enquanto algumas mulheres querem e precisam reduzir a mama, outras desejam aumentá-la para valorizar o colo e os decotes. Afinal, moramos num país tropical, em que o clima quente propicia a exposição do corpo e os seios volumosos são um desejo de nove entre dez mulheres.

A solução está no implante de próteses de silicone nos seios, muito comum hoje em dia. Depois dos Estados Unidos, o Brasil é o segundo país em que mais se realiza a cirurgia de implante de próteses de silicone nos seios e o grau de satisfação entre as mulheres que realizam esse procedimento em todo o mundo é muito alto.

A modernização das próteses e a evolução da técnica cirúrgica melhoraram significativamente a segurança e o resultado da cirurgia de implante de próteses de silicone nos seios. Apesar disto, há ainda muitas as dúvidas quanto à sua colocação.

As mais comuns são: onde será a incisão? Como ficará a cicatriz? Poderei trocar as próteses de silicone por uma maior ou menor mais tarde? Vou poder amamentar normalmente? Vou perder a sensibilidade nos seios?

Indicação: O implante de próteses de silicone nos seios é indicado para pacientes com mamas pequenas ou que, após a amamentação, tiveram o volume das mamas reduzido.

Em casos de excesso de flacidez (pós bariátrica) ou assimetrias mamárias congênitas, recomenda-se a mastopexia/liting ou levantamento das mamas no mesmo ato cirúrgico. O principal objetivo desse procedimento é aumentar o tamanho dos seios, melhorando sua consistência e forma, respeitando a proporção entre o volume da nova mama e o tamanho do tórax para um resultado harmonioso.